expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Garotos não choram...?







"Eles são todos iguais" foi o conselho que ouvi por muito tempo " Garotos não choram, não sentem...não sabem amar"


Mas, por algum motivo eu me neguei a acreditar nisso. Me apeguei a fé quase tola de que finais felizes existem sim e que quando um garoto promete ele realmente te amará para sempre.


Talvez por que eu precisasse e quisesse ter fé na vida...nas pessoas.



Porém, agora, quando o amor é capaz de machucar de um jeito que nunca serei capaz de explicar como sinto agora se tornou difícil acreditar que o garoto que me infringiu tanta dor possa, pelo menos por um segundo, ser capaz de sentir.



Ou que qualquer outro garoto possa.



Talvez por que acreditei por muito tempo, talvez por que a dor que lateja em meu peito dificulte o raciocínio, ou por que amei demais...


Então, talvez nós garotas também tenhamos culpa - se é que se pode chamar disso - por sairmos tão destroçadas de uma relação como essa.



Por que, quando nós amamos é por completo e quase irracional. Amamos de um jeito que até nos dificulta a respiração... E se algumas de nós já não são capazes de se entregar dessa maneira é por que talvez aprenderam da forma mais dolorosa que nem sempre os garotos entendem o que nos fazem sentir e o que destroem em nós quando jogam fora tudo isso.



Os garotos, em parte, também são os culpados de matarem essa nossa fé que somos ensinadas a nutrir desde pequenas enquanto rodeadas por histórias de beijos de amor verdadeiro que curam tudo, príncipes sempre dispostos a nos salvar.



E, um tal de "Felizes pra Sempre" que nos ensinaram que merecíamos.



By:. Dayane.



É comum, é mais fácil, é conveniente fechar-se para o amor, dizer que todos os garotos são iguais, que nenhum deles vale nada, e que eles nunca seriam capazes de amar uma garota de verdade, não da forma que elas os amam.
Sim, quem já teve o coração partido, quebrado em pedaços sabe o que é isso, e eu não as julgo por pensar assim...

Mas sim, nós amamos, nós choramos, nós somos capazes de sentir tanto quanto vocês.
Nós somos poucos, nós passamos despercebidos, quase invisíveis aos seus olhos, mas nós existimos, e só queríamos uma chance para lhes fazer feliz...
Infelizmente, a sociedade em que vivemos criou homens machistas, homens ensinados e estimulados a trair, a não se importar com os sentimentos das mulheres, homens que não foram ensinados a amar de verdade, a expressar esse amor, a lutar e viver um amor da forma que um amor merece ser vivido, a maioria deles não sabe amar sem se importar com o que os outros vão achar... As mulheres não, elas não têm medo de amar, de lutar, de se entregar de corpo e alma a um sentimento e apostar todas as suas fichas nele, e talvez por isso, elas sempre acabam se machucando muito mais que eles, porque os homens muitas vezes têm medo do amor, têm medo do poder que ele pode exercer sobre eles, e a maneira mais estúpida que eles encontram de mostrarem-se soberanos a esse sentimento, é destruindo o coração de que os ama.

... Ele sempre a amou, sempre sonhou em viver ao seu lado, sempre quis fazê-la viver da forma mais feliz que se possa viver, ela nunca o notou, seus olhos nunca enxergaram além da superfície, ela só era capaz de enxergar os músculos, o sorriso sarcásticos, as atitudes atrevidas, a fama de sedutor


...Ela não conseguia notá-lo, ela só enxergava outro, e com esse outro, ela não se importava em como ele era, como seriam os seus momentos ao lado dele, ela nunca descobriu se tinham algo em comum, ela só queria tê-lo, e depois de tê-lo entregou-se a ele, mas ela não o conhecia, ela o julgou pela aparência, não se importou com a sua essência, e a essência dele de nada valia, era individualista, totalmente egoísta... O seu coração quebrou-se em pedaços, e ela teve uma grande parcela de culpa nisso, e sabia disto.
... Ela procurou um príncipe encantado, e só o encontrou por fora, porque por dentro, ele não tinha nada de príncipe, mas aquele, que sempre a amou era, era tão encantador como nunca nenhum outro foi, e ele só queria amá-la, sem nem se importar se ela o amava, só queria dar-lhe o seu amor. Mas o tempo passou, suas lágrimas secaram, e ela o aceitou, finalmente sentiu-se amada, e capaz de amar, por dentro e por fora...


Pare de buscar o amor onde ele não esta, e você sabe que não esta, não se engane com a aparência, dê mais valor a essência, porque o seu príncipe, aquele que nunca te fará sofrer pode estar do seu lado, e os seus olhos nunca permitiram enxergá-lo, porque a grandeza, a força de um homem não pode ser medida pelos seus músculos, e sim pelas suas atitudes, e só os fortes são capazes de amar, e principalmente, de assumir esse amor.



By:. César Pedrosa.



~*~



Oi, (:


Então, esse texto foi o resultado da parceria entre mim e o César e, bom queria agradecer a ele e dizer que amei muito o resultado *----*


Espero que vocês também ;)




~> Beijusss....;*

10 comentários:

  1. Que perfeito >.< Sempre gostei de ver os dois lados da historia! Gostei do texto inteiro, a parte da Dayane descreve bem o que sentimos, principalmente quando estamos magoadas, e nos fechamos para o amor. A parte do César foi muito legal também, eu acredito que alguns meninos realmente sintam o mesmo que as mulheres e concordo quando ele diz que temos que ver além da aparencia. As vezes o amor ta tão perto. Sempre esteve, e agente nem mesmo nota. Lindo o texto, amei!
    E brigada pela ajuda lá no Blog >.<
    Beeijos! ;*

    ResponderExcluir
  2. ARRASOU!!

    Texto muito lindo, Day, César.

    Essa parceira está indo muito bem! ^^

    Ah, Day, aqui está o meu perfil do FF onde posto minhas fics (http://www.fanfiction.net/u/2662583/Ally_chaan)e o do Nyah (http://www.fanfiction.com.br/thy-chan) espero que goste, querida!

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. Concordo com todas as palavras deste texto. Mas infelizmente hoje em dia muitas mulheres preferem a embalagem do que o conteúdo de muitos homens.

    Beijo e só pra lembrar, te encontrei pelo blog do César e já estou seguindo aqui :D

    ResponderExcluir
  4. com certeza Day amei o resultado!

    apesar da sociedade estereotipar o comportamento masculino adequado ou não,acredito que não devemos MESMO deixar que a forma geral de pensar se apodere do que só é nosso por direito,a originalidade,a essência de cada ser.Os homens são capazes de amar,tal qual as mulheres o são,o que lhes falta muitas vezes é alguém que descubra isso neles,assim como muitas vezes tentamos e tentamos fazer,mas da forma errada ( ou com a pessoa errada - como colocou o César),o amor é uma fórmula única que não deve ser posta na vitrine das gerais,jamais...

    amei o texto,de coração
    :)
    parabéns!

    beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi flor.. tem um desafio bem legal para vocÊ em meu blog...
    Espero que goste.
    À, e ja estou seguindo.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Oi aqui e Anne do blog My Favorite Ebooks, adorei seu blog já estou te segui, como meu blog só vai fazer dois meses to procurando por parceria então si puder seguir de volta eu agradeceria muito beijinhos...♥

    http://ebooksdaanne.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Day

    Nossa que legal, adorei isso... Ficou como a visão dos dois lados de um relacionamento. Pena que como o próprio César colocou o tipo de homem que tanto procuramos é raro. Concordo com ele que nós, mulheres, generalizamos, claro que os homens nos machucam, mas quantos amigos nossos não são machucados por mulheres? Eu mesma conheço vários que sofrem como nós... O fato é que, independente de homem, ou mulher, nem todo mundo sabe amar, não sabe se doar, se por no lugar do outro, por isso é tão fácil machucar quem nos ama, porque colocamos nossos sentimentos como prioridade, esquecendo que somos capazes de machucar quem está do nosso lado.

    Parabéns pela parceria viu, gostei!

    Beijokas

    Pah, Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
  8. Realmente muito bom o texto. O homem acaba sendo mais sentimental do que a mulher, mas as vezes (sempre não demonstra =/)

    Vim parar aqui, pelo blog do César rs

    Amei aqui, estou ti seguindo!

    Beju Grande.

    ResponderExcluir
  9. Maravilhosa postagem minha querida amiga.
    Passando para fazer minha visitinha de sempre nesse maravilhoso cantinho e aproveitando para anunciar a nova promo do blog: http://amorimortall.blogspot.com/2011/07/novas-promocoes-no-blog-o-coracao-de.html
    gostaria muito que me desse a alegria de sua participação especial e se puder me ajude a divulgar.
    Mil beijos de quem te adoro de montão
    Giza

    ResponderExcluir
  10. Oi Mayara,

    Muito obrigada!!! *----* Também sempre gostei desse tipo de texto: desvendar os sentimentos dos meninos ^^

    Acho que essa é uma reação natural; se fechar para o que nos causa dor =/
    Acho que os meninos tem mais dificuldade para mostrar o que sentem, mas muitos deles realmente SENTEM; também acredito nisso. A aparencia na maioria das vezes é enganosa, nós temos que nos tornar capazes de ver o quão incrivel um cara é por baixo da superficie. ;)
    Ele pode mesmo estar perto *-* e Muuuito obrigada!! \o/

    Ah, não há de quê Mayara. Espero que tenha ajudado ^^

    Oi Lilly,

    Obrigada!!! \o/\o/ Acho que nós dois agradecemos ;)
    Também acho ^^

    Ah, vou ver sim suas fic's obrigada por me dar o endereço! Sinto que vou amar *-*

    Oi Raull,

    Fico feliz! *-*
    Mas bom ainda existem garotas que realmente Vêem vocês abaixo da superficie como eu disse para a Mayara. Nós também procuramos alguém que seja mais do que embalagem ;)

    Ok *-* Obrigada! Seja super bem vindo Raull. ^^

    Oi Denise,

    Obrigada! Fico tão feliz! *---*
    É verdade, acho que também devemos entender isso; que é mais complicado sentir para os meninos as vezes. Devemos procuar e acreditar que eles são capazes de sentir; pelo menos o cara certo. Não devemos desistir de acreditar que os sentimentos existem em todos, de formas diferentes de serem demonstradas.
    Muito obrigada Denise! Não sabe o quanto isso significa pra mim ( e com certeza para o César também ^^)
    Realmente obrigada! \o/

    Oi Sr.ta Pitta,

    Ah ok, obrigada tanto pelo desafio quanto por seguir! ^^

    Oi Anne,

    Ah, obrigada tanto pelo elogio quanto por seguir. Ah, claro, sigo sim ^^

    Oi Pah,

    Obrigada mesmo Pah!! *-----------* Fico super feliz que tenha gostado! o/
    São emsmo raros, mas não devesmo desistir de acreditar que eles existem sim e que estão esperando por nós enquanto somos machucadas pelos caras errados. Eu não vou desistir de acreditar ;)
    Verdade, mulheres também machucam os homens e talvez seja por isso que alguns se 'apresentem " tão insensiveis em outros relacionamentos. O amor também pode te-los traumatizado =/
    Devemos mesmo ter cuidado com as pessoas que amamos por que as vezes nos acostumamos tanto com a presença delas em nossa vida que esquecemos po quão doloroso seria se a perdessemos.

    Obrigada Pah!!! ^^

    Oi Nathy,

    Muito, muito obrigada!
    Verdade, mas nem sempre demonstra. É complicado =/

    Hey, bem vinda! Obrigada por seguir ^^

    Oi Giza,

    Muuito obrigada Giza!! *.*
    Ah, ok, vou lá ver (mesmo sendo pé frio --' rs)

    ~> Beijusss a cada um de vocês...;*

    ResponderExcluir

Adoro comentários, então dê sua opinião e eu respondo aqui mesmo,certo?
E ah, claro, deixe o link do seu blog que eu vou retribuir a visita com todo o carinho ♥