23 agosto 2016

[Desconexa] Tamanho Não Importa



Oi gente, tudo bem?

Ultimamente o assunto "perda de peso" tem rondado muito a minha mente. Estou travando uma "luta particular" com a balança, tentando me livrar de uns quilinhos a mais e, pensando nisso e no mundo literário, é realmente triste ver como tem realmente poucas personagens em livros retratadas dessa forma: não com um corpo escultural (para não falar daquelas que não se consideram bonitas, mas que são descritas como verdadeiras deusas pelos mocinhos), mas que são reais. Que tem descontentamento com uma parte do seu corpo, que não ficam bem em qualquer roupa ou que, mais especificamente como eu quero tratar nesse post, tem uns quilinhos a mais.

Confesso que propagandas, livros, revistas e reportagens que acabam por estabelecer algum tipo de regra universal de como um corpo feminino deve ser, sempre me acertam como um soco no estômago, pra não falar no golpe na auto-estima de qualquer mulher normal que não tem uma barriga zerada - ou aquela habilidade incrível de comer 3 vacas e continuar com o corpo da Gisele Bunchen. 
E confesso que me sentiria de certa forma "apoiada" e representada ao conhecer uma história de uma garota incrível, inteligente, amorosa, corajosa e leal que tem uns quilinhos a mais e se aceita exatamente como é. Ou que, ao menos, decide mudar por si mesma e não por qualquer pressão exterior. 

Pensando nisso, hoje eu resolvi trazer uma lista de livros que eu encontrei com personagens que mesmo acima do peso, são - ou se tornarão no decorrer da história - bem resolvidas e apaixonadas por si mesmas! Infelizmente ainda não conferi os livros dessa lista, então vou falar só a impressão que tenho a respeito deles, okay?

Vem conferir ;)


A Série "Tamanho 42 Não é Gorda" - Meg Cabot



Preciso dizer algo além de "Meg Cabot escreveu"?! 
Com personagens sempre cativantes, divertidas e incomuns a Meg fisga a atenção de qualquer leitor e, pelas resenhas que já vi, essa série não é diferente: a premissa promete uma personagem independente, engraçada e batalhadora. E, mesmo que inicialmente ela esteja em um estado de negação em relação ao seu peso, passamos a torcer para que ela perceba que tamanho realmente não importa!


Eleanor & Park - Rainbow Rowell



Tenho uma vontade incrível de ler esse livro desde que foi lançado. Nunca li uma única resenha negativa sobre essa história e, aliás, parece receber todos os adjetivos positivos possíveis. Romântica, sensivel, cativante... são algumas palavras que sempre se repetem ao descrever esse livro! Mas, o que realmente a fez se encaixar nessa lista é o fato de que a personagem principal, Eleanor, se considera "grande", acima do peso. Mas, mais uma vez recebemos uma prova de que isso não interfere em nada para que ela viva uma linda história.

05 agosto 2016

[Novidade Literária] Meu Erro - Cinthia Freire


Oi gente, como estão?

Que eu adoro as minhas autoras/autores parceiros, definitivamente não é segredo! Todos os que tenho me surpreenderam e encantaram de formas diferentes, mas igualmente intensas. E, quando você se apaixona pela escrita de alguém, não existe notícia melhor do que o lançamento de um novo livro, certo?
E não é que alguns desses autores resolveram me presentear lançando novos livros?
Tem livro novo da linda da Cinthia Freire, da talentosa da Camila Pelegrini, da fofa da Mara Deméter e da incrível Lígia Ortiz!
Por isso resolvi mostra-los melhor aqui, começando pelo lançamento da Cinthia Freire, a autora de um livro que eu li, amei e já resenhei por aqui: Um Novo Amanhecer. E quando pensei que ela não podia me surpreender - ou me deixar com mais vontade de ler suas palavras! - ela vem e lança Meu Erro: um jovem adulto que promete balançar qualquer leitora amante do gênero!

Sinopse


Segredos são como fantasmas, nos assombrando e nos fazendo crer que são reais. Todos temos segredos. Carol aprendeu a conviver com os seus, que estão adormecidos. Gabriel desistiu de lidar com eles e decidiu pelo caminho mais fácil, vivendo uma vida sem regras e limites. Eles estão na mesma estrada, mesmo estando em sentidos opostos. Enquanto ela tenta fugir da escuridão, ele só quer se perder ainda mais. Uma história emocionante sobre até onde somos capazes de ir para salvar aqueles que amamos e sobre acreditar que todos têm uma segunda chance, mesmo que para o resto do mundo isso pareça um erro.
Amo livros que rumam para essa temática de redenção, de mudança, de voltar a ter fé...sobre o amor nos salvar o que parece que é exatamente o que essa leitura propõe. Além do que já conhecendo a escrita da Cinthia já imagino a intensidade com a qual ela nos fará mergulhar nessa história que parede incrivelmente apaixonante. Definitivamente ansiosa para conhecer essa história!
E vocês, o que acharam do lançamento? Lembrando que ele está em pré-venda apenas até o dia 20/08 com frete grátis e com direito a mimos para os primeiros compradores!

Fiquem com Deus,
Beijos!

22 abril 2016

[Pilhas & Pilhas] Próximas Leituras I



Oi povo, aqui está sua blogueira sumida! \\o//

Hoje trouxe pra vocês a minha mais nova pilha, recheada das minhas próximas leituras! Tem muito, muito romance... e muita vontade de ler! - risos.



Quem me acompanha pelo Facebook do Letras Eternas já viu essas três lindezas que vou mostrar a seguir e pelas quais estou completamente apaixonada... mas vale a pena babar nelas novamente  ❤️ haha'


















Ganhei da minha cunhada, uma pessoa super querida, esses três livros lindos! Preciso realmente dizer o quanto estou apaixonada pela capa de Como Eu Era Antes de Você e também como estou com altas expectativas pra essa leitura, depois de ótimos comentários e aquele trailer lindissimo que saiu recentemente! Um dos livros pelos quais estou mais ansiosa pra começar a leitura!
Também ganhei dois livros do Nicholas Sparks e confesso que eu e o "Senhor Nic" - olha a intimidade u.ú - temos um relacionamento de altos e baixos: não curti nenhum pouco a leitura de Uma Carta de Amor, enquanto Um Porto Seguro (que traz um tema polêmico e forte) me encantou completamente... o que me faz realmente não saber o que esperar dessas leituras. Mas, ao mesmo tempo torcer pra que sejam incríveis *-*



Também ganhei de presente - e esse realmente demorei a mostra aqui - o livro Claro que Te Amo, de uma autora nacional cuja escrita sempre tive bastante curiosidade! Não sei muito bem o que esperar, mas talvez uma pitada de humor e romance me esperem nessas páginas ;)
Além do livro ainda ganhei meus primeiros post-its e eles não poderiam ser mais fofos (inspirados em Alice no Pais das Maravilhas) e também não poderiam me deixar com mais dó de usa-los! - risos!



Então é isso gente, essas são minhas próximas leituras! E quanto a vocês; já leram ou estão morrendo de vontade de ler algum desses?

Deixem-me saber ;)

Fiquem com Deus,
Beijos! ;*

06 março 2016

[Resenha] Pétreos - Everton Moreira



Livro Cedido em Parceria com o Autor





Sinopse


Sir John Taurio, Conde de Alandes e comandante do exército de Rehn, era o melhor amigo do Rei Beath desde a infância e juntos tornaram seu reino o mais forte de todos os conhecidos. A amizade, vista como a base de uma era de ouro, se rompe de maneira inconciliável diante de uma praga agrícola. O Conde acredita que todos devem racionar qualquer suprimento para que o povo consiga sobreviver à crise, enquanto o monarca deseja que os impostos sobre a produção subam para preservar os luxos da nobreza.John não consegue aceitar as ordens de seu antigo amigo e lança seu condado em uma luta desesperada para se separar do reino. Os homens do condado de Alandes têm a escolha de lutar por um mundo novo que ainda não conseguem entender ou aceitar a exploração imposta pela monarquia. Com poucos aliados, Sir John decide não se render ao mundo que até então tinha defendido. Alandes, seu líder e seu povo buscam ser algo maior do que um simples território, eles precisam se tornar um sentimento de liberdade.


Pétreos conta a história de John; um homem que se voltou contra um rei para salvar a vida de um povo. Quando o rei Beath, seu melhor amigo desde a infância, toma uma decisão egoísta que visa somente agradar aos poderosos e mantê-los a salvo da fome e da perda de seus luxos, mesmo que isso custe a vida dos mais pobres, John não consegue se manter ao lado do amigo mais uma vez. Sua justiça o faz tomar a posição mais arriscada que se pode imaginar - ficar ao lado de camponeses em uma luta que para a maioria parece perdida. Mas, guerreiros movidos pela esperança e pela fé podem se tornar bem mais do que aparentam.

"Juro minha lealdade ao meu povo, ao povo que recebi o dever de proteger. Um dever que é muito maior do que o direito de governá-los. Alandes significa dever. Eu não acredito na divindade do Rei, eu acredito no dever que ele deveria demonstrar por seu povo e no dever que eu demonstro a vocês."
Assim como disse na apresentação do autor como parceiro, o gênero de Pétreos não é exatamente o que costumo ler, por isso acabei indo a essa leitura sem realmente saber o que esperar; e realmente acho que isso foi ótimo!

Não precisei ir muito além das primeiras páginas para me envolver com o conflito e a guerra que estava prestes a acontecer, assim como os valores que estavam sendo postos a prova. Um rei que consegue acreditar que sacrificar vidas vale a pena somente para manter o padrão de vida dos mais poderosos e, do lado oposto, um homem que se coloca como barreira entre esse rei e o seu povo... foi impossível não ficar revoltada com a atitude do rei ao mesmo tempo em que ficava extremamente o orgulhosa e esperançosa em pensar que talvez em nosso mundo atual e não fictício, ajam pessoas capazes de se levantar assim pelas outras.

"Números podem assustar, pensava John, mas uma demonstração de verdadeira fé é assombrosa."
A escrita do Everton é realmente vívida: foi como ser transportada para uma época de conflitos e honra pela qual realmente fui cativada! Provavelmente isso deve se dar ao fato de ele ser um professor de história que é realmente fascinado pela época medieval e que conseguiu mostrar domínio e veracidade na temática a qual se propôs.

Seus personagens, cada um a sua maneira, foram capazes de me conquistar... mesmo aqueles com os quais eu não me "dei muito bem" logo no início, acabaram me mostrando sua força e lealdade em uma luta que, mesmo justa, muitos deram as costas a ela. John é um personagem extremamente forte e marcante - amei o modo como sua personalidade foi bem construída pelo escritor e a força e honra que encontrei nesse personagem, de modo que não tem como ele não ter sido o meu principal preferido! Me senti "assistindo" os acontecimentos, como em um filme - mais precisamente O Gladiador, que esteve em minha mente durante praticamente toda a leitura.



Enfim, Pétreos definitivamente foi mais uma grata surpresa nacional! Com ação e personagens fortes e marcantes, sua história realmente me alcançou e me encantou durante a leitura!
E você já ouviu falar desse livro e desse autor?

Me deixe saber ;)

Beijos,
Fiquem com Deus! ;*

25 fevereiro 2016

[Resenha] O Nome do Sonho - Mara Deméter



Livro Cedido em Parceria com a Autora



Encantador, inovador, delicado... são algumas das palavras que me vieram a mente ao virar a última página de O Nome do Sonho.


Assim que comecei a leitura desse livro, simplesmente fui envolvida pelo encanto que havia nele; não pela temática em si, mas pela magia que eu pude sentir a cada letra. Como se cada uma das palavras ali dispostas tivesse sido posicionadas com amor, cuidado e harmonia. O Nome do Sonho é um livro diferente de todos os que já li; tanto pela narrativa quanto pela temática. E se você soubesse que os sonhos não se limitam aquilo que você vive quando está de olhos fechados? E se você soubesse que os sonhos tem uma realidade só deles?!



Essa é uma verdade que Anne e Vivian passam a compartilhar... embora de maneiras bem diferentes. Enquanto uma se esconde nos sonhos para fugir da realidade cheia de infelicidade a qual vive, a outra, ingenuamente, usa os sonhos por amor, para ter mais tempo com alguém que ama. Mas, quando seus mundos - e sonhos - se cruzam elas descobrem que tem mais em comum do que o fato de ambas serem Sonhadoras; criadoras e donas de uma parte do "Sonhar", mas que também compartilham algo muito mais profundo que elas sequer poderia imaginar!



"Compreendeu, sem capacidade ou vontade de voltar atrás, que antes mesmo de sonhar com ele já o amava."

A escrita de Mara Deméter é envolvente e segue seu curso nos levando junto a história; seus personagens são todos encantadores, como a pequena Anne que eu quis abraçar durante o livro inteiro e a ferida Vivian com a qual me identifiquei e cujos traumas eu fui capaz de sentir.
O livro por si só é lindo: a arte tanto da capa quanto em cada capítulo é simplesmente delicado e encantador, daquele tipo que dá vontade de emoldurar! - risos. No entanto a história é o que realmente é capaz de encantar sem que eu realmente ache palavras para explicar de que maneira ela o faz e, honestamente, jamais senti isso em qualquer outro livro. Sempre ouvi os leitores dizendo que há magia nos livros mas foi só através de O Nome do Sonho que eu pude sentir isso de forma tão vívida... e isso realmente me faz ficar em dúvida se a Mara não é um ser sobrenatural capaz ed dar vida ao que escreve, porque definitivamente funcionou para mim!



De alguma forma eu sinto que esse é tipo de livro no qual não podemos nos alongar demais na resenha; que devemos deixá-lo falar por si só... por isso eu paro por aqui! Mas, não sem antes dizer o quanto essa autora nacional me surpreendeu tanto com a escrita como com o modo que conduziu a história e que, de certa forma, ela me permitiu fazer parte - e acreditar - nesse sonho que só ela sabe o nome.

Obrigada Mara pela oportunidade de não só me limitar a conhecer a sua obra, mas também a te conhecer e perceber a pessoa divertida e doce que você é, aturando meus surtos apaixonados por seu livro. "Quando crescer" quero fazer os meus leitores sentirem o que você me fez sentir, e ser tão graciosa e adorável com meus leitores quanto você.



Todo o sucesso do mundo e, como não poderia deixar de ser: que sua vida seja como nos sonhos.

Você sabe que é só acreditar. ;)

 renata massa