[Descoberta Literária] Romances!


Oi gente, tudo bacana? :)

Já faz um tempo que tenho pensado com muito carinho em trazer essa nova "coluna" por aqui! Nela, eu pretendo apresentar alguns livros que eu tenho descoberto por ai e que tem me chamado a atenção e com certeza vai chamar a sua! Pelas mais variadas razões esses livros entraram na minha lista de futuras aquisições - pra não dizer, no meu coração! - e por isso não poderia deixar de falar deles.

E tem como começar melhor do que uma postagem SÓ com livros lindos?!


7 Dias Com Você - Aline Sant Ana



Minha "história" com esse livro e essa autora foi diferente e de uma maneira muito boa. Na verdade foi a primeira vez que isso me aconteceu: primeiro me encantei pela escritora antes de me encantar pelo seu livro, dá pra acreditar? Me tornei fã mesmo antes de ler! - risos.
Ouvi alguns comentários muito positivos sobre esse livro e não consegui resistir a eles e, o resultado foi que eu já entrei no grupo no facebook de fãs da autora além de adicionar a própria no facebook... o resultado?
Me ENCANTEI.
Sabe aquela autora doce e querida, que transborda amor por seus leitores? Essa é a Aline que eu conheci. Com todo carinho em cada postagem e resposta a comentários eu fui me encantando por essa pessoa sensível que foi me conquistando pouco a pouco! Gentil, meiga e sempre sempre muito grata a seus leitores, foi impossível não torcer por ela mesmo antes de, de fato, conhecer o seu trabalho. Faz um tempo que estou ensaiando mandar uma mensagem pra ela só pra dizer o quão bom é para um leitor ter essa proximidade e conexão com o autor... mas confesso que estou com vergonha! haha' Espero que ela leia essa postagem e saiba que, antes de escritora, ela me conquistou como a pessoa linda que é!

Mas, bora falar do livro?! haha'
Li tantos comentários positivos sobre ele que honestamente perdi a conta! Se quiser, clique na capa dele para ver não só a sinopse como as opiniões sobre ele no skoob. Romântico e com um lado hot que promete não se sobrepor ao amor de fato, estou com uma ansiedade imensa para enfim ter 7 Dias Com Você em mãos! Infelizmente, ainda não posso comprá-lo =[ Mas, ele está praticamente no topo da minha lista *-*

[Resenha] Meu Erro - Cinthia Freire

Oi, tudo bem por aí? :)

Hoje trouxe pra vocês a resenha do livro Meu Erro! Ele é o "segundo filho" da talentosa autora Cinthia Freire cujo trabalho eu já conheci - e me apaixonei - através de Um Novo Amanhecer, mas que ainda assim conseguiu me surpreender demais nessa nova leitura. Iniciando a série Segredos, Meu Erro me fez experimentar tantas e tantas sensações que tenho medo de não conseguir passar tudo o que senti pra você leitor... mas ainda assim vou tentar ;)



Meu ErroSegredos são como fantasmas, nos assombrando e nos fazendo crer que são reais. Todos temos segredos. Carol aprendeu a conviver com os seus, que estão adormecidos. Gabriel desistiu de lidar com eles e decidiu pelo caminho mais fácil, vivendo uma vida sem regras e limites. Eles estão na mesma estrada, mesmo estando em sentidos opostos. Enquanto ela tenta fugir da escuridão, ele só quer se perder ainda mais. Uma história emocionante sobre até onde somos capazes de ir para salvar aqueles que amamos e sobre acreditar que todos têm uma segunda chance, mesmo que para o resto do mundo isso pareça um erro.



Intenso, verdadeiro... poderoso. 

Definitamente são algumas das palavras que definiriam a leitura de Meu Erro pra mim.
Desde que li algo sobre esse livro pela primeira vez, tive esse tipo de "conexão" que me moveu a comprá-lo quase que impulsivamente. Claro que o fato de já saber o quão emocionante a escrita de Cinthia Freire pode ser depois da leitura de Um Novo Amanhecer deve ter contribuido para isso de alguma forma, mas algo nessa capa, nessa sinopse... era um livro que eu precisava ler.

Um livro que me escolheu.


Caroline tem segredos, em um lugar dentro de si que ela não procura visitar, no entanto ela luta dia após dia para se afastar da escuridão para a qual ela já foi sugada uma vez... já Gabriel não quer mais lutar. Mulheres, bebidas e até drogas são sua maneira de suportas os fantasmas que carrega e o ódio que sente pelo mundo. Vivendo dessa forma, seria impossível acreditar que esses caminhos se cruzariam, no entanto é exatamente isso que acontece.
Á primeira vista esse encontro parecia um erro para todos, o choque do fogo e da pólvora que só poderia gerar destruição. E até mesmo eles tentam resistir, mas quando percebem que talvez seja a mão do outro que possa salvá-los e que eles só serão capazes de sair do "inferno" juntos, só resta saber se o amor será forte o suficiente.

Esse livro... acho que sempre vou precisar inspirar antes de falar sobre ele, porque ele realmente conseguiu me submergir. Houve momentos em que me senti tão tocada pelas dores dos personagens que tive que parar a leitura pra respirar. Em outros senti tanto amor por sua história que quis eu mesma recolher seus pedaços e uni-los para sempre... como explicar uma leitura assim?

Meu Erro foi uma leitura incrível de várias formas, mas uma das que mais me tocou (até de forma pessoal), foi a forma como abordou o assunto das doenças psicológicas e em como, muitas vezes, as pessoas não as encaram com tanta seriedade como qualquer outra doença. Por não ter reflexos físicos na prática, doenças psicológicas são muitas vezes encaradas como uma 'fraqueza' ou algo que deve ser escondido, mas Meu Erro trouxe isso a tona de forma inteligente e levantando questões realmente importantes. Porém o preconceito tratado na obra não é somente referente a essa temática, mas também ao fato de como somos capazes de definir uma pessoa pelos erros que ela cometeu, sem dar-lhes a chance de recomeçar, de serem salvos.

Ser salvo e permitir-se ser salvo é apenas uma das várias coisas sobre as quais refleti na leitura desse livro lindamente doloroso e intenso.


Como eu disse, alguns momentos dessa leitura realmente me tiraram o fôlego e isso se deu principalmente pelo realismo contido ali. Senti todo o cuidado que autora teve para pesquisar a fundo os temas tanto das doenças psicológicas quanto do uso de drogas e de como é difícil conseguir se recuperar de ambas. Confesso que eu não tinha real conhecimento do impacto das drogas na mente e na vida de uma pessoa, pelo menos nada além dos dados que recebemos através de jornais, no entanto Meu Erro me transportou para o lado de alguém, um dependente químico, que estava passando por isso.

E de verdade, foi doloroso de ler.

A dor do vício, de não ter controle por si mesmo. E então, quando ele enfim encontra a esperança necessária para sair do fundo do poço, a dor de perceber o quanto é difícil voltar quando já se foi longe demais. A verdade contida na escrita e a intensidade colocada ali... tudo me levou mais e mais fundo nessa história de amor e redenção e quando eu vi eu estava completamente envolvida e tocada pelo livro da Cinthia... estava apaixonada por ele.

Talvez até, tenha sido resgatada por ele.

Então no fim, talvez essa não seja uma resenha e sim um agradecimento.
Obrigada Cinthia Freire.

[Resenha] Proibida Para Mim - Elizabeth Bezerra


Oi gente, tudo bom?

Em uma postagem anterior eu já apresentei pra vocês a minha nova parceira, Elizabeth Bezerra, assim como também já surtei ao receber o livro dela acompanhado de um kit lindo de marcadores que estou namorando até hoje! Li o livro rapidamente e me envolvi demais com a história... mas se quiser saber mais o que achei,é só conferir a resenha =]


Sinopse


Proibida Para MimQuando Neil Durant socorre Jennifer Connor durante um assalto em uma noite fria ele não sabe que sua vida mudará para sempre. Descobrir que a jovem é cega é uma surpresa para ele. Neil está preso em um casamento de conveniência e sabe que Jennifer é totalmente proibida para ele. O correto é afastá-la de seu mundo sujo, mas o destino insiste em aproximá-los cada vez mais. Passado e futuro se entrelaçam de forma surpreende e os dois se veem mergulhados em uma paixão incandescente.





Livro Cedido em Parceria 


Skoob || Fanpage || Onde Comprar?
Se a capa linda não atrair o leitor automaticamente, com certeza a sinopse o faria. Lembro de ter ficado muito curiosa a respeito desse livro desde o meu primeiro contato com ela. Uma mocinha que não quer se encaixar no perfil de "indefesa" mesmo que fosse o que se esperava dela, passados que geraram graves cicatrizes, um amor que surpreende... definitivamente é meu tipo de história, pensei. E estava certa.
A história de Neil e Jennifer já se inicia de forma intensa, com ele livrando-a de um assalto. Após socorre-la ele fica chocado não só por perceber sua deficiência visual, mas principalmente pelo fato de sua beleza lhe tirar o fôlego. Mesmo sabendo os fantasmas do passado que ele possui, além, da culpa por acontecimentos trágicos e impossíveis de esquecer, Neil não consegue se afastar dessa fonte de luz que Jennifer representa em sua vida... ela é o tipo de amor que pode redimir.
Mas, será que seu amor é forte o suficiente para superar a dor?

Uma das coisas que mais me chamou a atenção nesse livro é a dedicação na criação da personalidade de cada personagem da obra; nenhum deles foge da personalidade criada e muito menos parece superficial em nenhum momento. Todos se tornam reais e você passa a amá-los ou odiá-los verdadeiramente. Confesso que, inicialmente, não gostei nada do Neil principalmente pelo fato de ele ser, digamos, ''intenso demais''. Me assustei com a velocidade como as coisas aconteceram inicialmente: o fato de ele usar um detetive pra saber onde ela morava, ir até lá, obrigá-la a aceitar seus seguranças, dominar a vida dela em certos aspectos... o jeito dominador dele acionou aquele alarme mental que todas nós aprendemos a possuir e que nos alerta contra relacionamentos abusivos. Inicialmente ele realmente me assustou, e confesso que fiquei com essa impressão sobre ele durante boa parte do livro mas, em certo ponto da leitura quando o conhecemos mais a fundo e compartilhamos dos seus traumas entendemos de certa maneira a necessidade que ele tem de manter as coisas sobre controle dessa forma... mas, confesso que mesmo assim não consegui me apaixonar por ele especificamente.

Mas isso não me impediu de me apaixonar pela história de Proibida Para Mim.



Elizabeth Bezerra encaminhou a história de forma a dar bases muito fortes para as histórias de seus personagens, dando veracidade a eles e as suas histórias. O ritmo da leitura é muito gostoso, sem perder tempo em coisas desnecessárias a história mas, ao mesmo tempo, aprofundando-se perfeitamente nas partes realmente importantes.

Não gosto muito de falar sobre os finais dos livros em resenhas, mas com esse eu simplesmente preciso comentar: Você partiu meu coração Elizabeth! O final desse livro vai te sufocar emocionalmente e, definitivamente, te tirar o ar com a reviravolta final... estou definitivamente com certo ''medo'' da sequencia dessa série, mas ao mesmo tempo dominada por uma curiosidade infinita sobre o que vai acontecer a seguir.


Proibida Para Mim é assim: um livro que te desperta vários sentimentos ao mesmo tempo de uma forma que te faz perceber o quanto essa história é convincente e se torna real a cada página! Vale lembrar que, Proibida Para Mim, é apenas o livro que inicia uma série que tem tudo pra me encantar cada vez mais... isso quer dizer que ainda vem muita emoção, sentimentos duvidosos pelos personagens e reviravoltas por ai! - risos.

É isso gente, se você já leu esse livro, comenta ai pra vermos se temos a mesma opinião! E quem não leu, quais são as expectativas?

Quero dedicar esse parágrafo pra agradecer a linda da Elizabeth Bezerra que me tratou com carinho ao confiar no Letras Eternas pra receber a sua obra e, claro, desejar todo o sucesso do mundo! ;)

Beijos,
Fiquem com Deus! ;*

[Parceria] Renovação & Novidade


Oi pessoas, como estão?

Hoje eu vim trazer duas notícia que me deixaram tão, tão feliz! E que também encheram minha semana de alegria. Renovei uma parceria que amava e, quase ao mesmo tempo, consegui uma nova parceria que já sei que vou amar... coração de blogueira não aguenta tantas emoções assim não, gente! - Risos.

Primeiro vou falar da nova parceria que consegui! Agora o Letras Eternas é parceiro de Elizabeth Bezerra, autora da série New York! Com capas lindíssimas e uma temática apaixonante e que promete tirar o folego do leitor, nem preciso dizer o quanto estou ansiosa para conferir essa série né?!

Seus Livros


Livros da Série New York no Skoob

A inspiração para compor os personagens de "PROIBIDA PARA MIM" aconteceu porque gosto muito de personagens com mocinhas ou mocinhos que fogem do perfeito, sabe o homem super maravilhoso, rico e gostoso e a mocinha que é linda, mas se acha feia. Meu mocinho é um CEO tudo de bom, rico e super gostoso sim, mas a Jenny tem uma deficiência física, ela é cega. No entanto, isso não a faz frágil e coitadinha, pelo contrário. O tempo todo ela prova para ele que é forte, determinada e que a deficiência dela é só uma circunstância, ela não precisa que ele a proteja. Isso o faz se apaixonar a cada dia. Ela poderia ser amarga ou triste, mas pelo contrário é feliz e determinada, e enfrenta a vida com bravura. 


A Autora





Nascida em São Paulo, é uma leitora ávida que, ao acabar um livro, sempre ficava imaginando como poderiam ser as vidas dos personagens, depois do fim das histórias. Criava então, muitas possibilidades em sua imaginação, o que deu início à sua dedicação à escrita. As coisas que mais ama: ouvir música, ler, viajar e conhecer novas pessoas. 
"A escritora surgiu dentro de mim porque, sempre que um livro acabava, eu ficava imaginando a vida dos personagens, seus filhos ou os personagens secundários que dariam uma boa história. No entanto, o que incentivou a escritora em mim foram as histórias ruins ou com finais ruins. Então, eu sempre reescrevia a historia, de brincadeira, só para mim. Com a Saga Crepúsculo eu descobri o mundo das fanfics, escrevi algumas histórias usando os personagens Bella e Edward, mas acabei abandonando por um tempo. Mas nunca saiu de mim o desejo de escrever e que graças a Deus no fim do ano passado retornou com tudo e agora publiquei meu primeiro livro."


Comentário pessoal

O modo como Elizabeth construiu a mocinha de Proibida Pra Mim - que mesmo tendo uma deficiência visual, não é frágil de forma alguma - me faz crer que será uma mocinha com a qual me envolverei e pela qual vou torcer. O romance parece ser daqueles que acompanhamos perdendo o folego e que te cativam da primeira até a última página, o que me deixa super ansiosa para finalmente te-lo em mãos e resenhar para vocês! 



Parceria Renovada com Mara Deméter



Quem acompanha a página do Letras Eternas no Facebook, já sabe que também renovei a parceria com a encantadora autora Mara Deméter que, já me conquistou através de seu livro O Nome do Sonho - que já foi resenhado por aqui! - e que agora lança seu novo livro, Os Cinco Guardiões que promete ser tão cativante quanto seu antecessor *-*

Sobre o Livro



Cinco jovens ainda carregam o dom em Cyan, são Os Cinco Guardiões e são responsáveis por proteger toda a magia do mundo e distribuí-la harmoniosamente entre as criaturas mágicas.
Em suas mãos estão vida e morte, paz e destruição. Aislinn, aos dezessete anos e em meio a um turbilhão de emoções acabou de se descobrir como uma Guardiã; a única que pode encontrar os outros quatro.
Seu destino é muito mais que superar os próprios conflitos, é salvar um mundo e permitir a vida de todas as fadas, ninfas, centauros, elfos, sereias, fantasmas, espíritos mágicos e tantos outros seres carregados de magia.
Ela aceitou esse destino. Você está pronto para acompanhá-la?


Comentário Pessoal

A sinopse desse livro me tocou de uma maneira diferente, por um motivo - ele me lembrou um projeto meu, que há muito tempo está preso em um gaveta mental, e que eu adoraria retomar. E isso me fez ter um carinho automático por esse livro. Além da capa linda, o mundo cercado de magia e encanto que a Mara mais uma vez promete nos levar, parece incrivelmente cativante. Estou ansiosa para te-lo em mãos =]

Essas são minhas novidades gente!
E voces, já conheciam essas autoras e seus livros?
Me deixem saber!

Beijos,
Fiquem com Deus ;*

[Desconexa] Tamanho Não Importa



Oi gente, tudo bem?

Ultimamente o assunto "perda de peso" tem rondado muito a minha mente. Estou travando uma "luta particular" com a balança, tentando me livrar de uns quilinhos a mais e, pensando nisso e no mundo literário, é realmente triste ver como tem realmente poucas personagens em livros retratadas dessa forma: não com um corpo escultural (para não falar daquelas que não se consideram bonitas, mas que são descritas como verdadeiras deusas pelos mocinhos), mas que são reais. Que tem descontentamento com uma parte do seu corpo, que não ficam bem em qualquer roupa ou que, mais especificamente como eu quero tratar nesse post, tem uns quilinhos a mais.

Confesso que propagandas, livros, revistas e reportagens que acabam por estabelecer algum tipo de regra universal de como um corpo feminino deve ser, sempre me acertam como um soco no estômago, pra não falar no golpe na auto-estima de qualquer mulher normal que não tem uma barriga zerada - ou aquela habilidade incrível de comer 3 vacas e continuar com o corpo da Gisele Bunchen. 
E confesso que me sentiria de certa forma "apoiada" e representada ao conhecer uma história de uma garota incrível, inteligente, amorosa, corajosa e leal que tem uns quilinhos a mais e se aceita exatamente como é. Ou que, ao menos, decide mudar por si mesma e não por qualquer pressão exterior. 

Pensando nisso, hoje eu resolvi trazer uma lista de livros que eu encontrei com personagens que mesmo acima do peso, são - ou se tornarão no decorrer da história - bem resolvidas e apaixonadas por si mesmas! Infelizmente ainda não conferi os livros dessa lista, então vou falar só a impressão que tenho a respeito deles, okay?

Vem conferir ;)


A Série "Tamanho 42 Não é Gorda" - Meg Cabot



Preciso dizer algo além de "Meg Cabot escreveu"?! 
Com personagens sempre cativantes, divertidas e incomuns a Meg fisga a atenção de qualquer leitor e, pelas resenhas que já vi, essa série não é diferente: a premissa promete uma personagem independente, engraçada e batalhadora. E, mesmo que inicialmente ela esteja em um estado de negação em relação ao seu peso, passamos a torcer para que ela perceba que tamanho realmente não importa!


Eleanor & Park - Rainbow Rowell



Tenho uma vontade incrível de ler esse livro desde que foi lançado. Nunca li uma única resenha negativa sobre essa história e, aliás, parece receber todos os adjetivos positivos possíveis. Romântica, sensivel, cativante... são algumas palavras que sempre se repetem ao descrever esse livro! Mas, o que realmente a fez se encaixar nessa lista é o fato de que a personagem principal, Eleanor, se considera "grande", acima do peso. Mas, mais uma vez recebemos uma prova de que isso não interfere em nada para que ela viva uma linda história.