expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

ღ Amigos também dizem eu te amo - Parte 4

Oi....\o/

Então, parte quatro postada. Espero ansiosamente que gostem. ;)

~*~*~*~*~*~



Olhei meu reflexo me sentindo ridícula naquele vestido roxo-"cheguei" de mangas curtas e babados em todas as direções que eu pudesse imaginar.
Quem em sã consciência vestiria algo como aquilo?
Ouvi uma batida na porta e murmurei um "Entra", mas estava ocupada demais me encarando horrorizada pra virar. Só quando ele se aproximou vi o rosto de Brad refletido. Ele me analisou e abriu a boca, mas eu fui mais rápida.
-Se você disser alguma coisa, qualquer coisa, alguém ficará viúva antes do casamento. - ameacei.
Ele ergueu as mãos como se rendendo.
-Nossa, quatro anos depois e seus genes homicidas ainda estão intactos. - eu rolei os olhos e ele gesticulou para a fantasia de beterraba que estava usando - O que foi? O vestido está...-ele não parecia saber o que dizer de bom sem mentir -Legal.
-. Vá dizer isso pra umas das outras nove garotas que vão usar um vestido idêntico. Sério, pra que dez madrinhas? E, por que todas tem que vestir essa mesma...- também não consegui achar nada gentil - coisa?
- Idéia de Sarah. - é, só podia mesmo -Ela acha que isso é classe.
-Sério, olha pra mim; há algum traço de classe nisso?
Brad riu e colocou a mão na nuca e foi só ai que eu percebi que ele também estava vestido a caráter.
- Hey, bela roupa. - fiz um sinal positivo para o seu terno.
- Acho que sim. - murmurou sem muita convicção tocando as pontas da gravata que estava jogada ao redor de seus pescoço.
-Peraí. -disse me aproximando e começando a arruma-la - Você não se dá bem com gravatas desde o dia do baile lembra? Aquele em que você me convidou por que Lucy Ames não quis ir com você. -acusei.
- Hum. Aquele que fomos juntos e você dançou com Tom Lin? - rebateu.
Balancei a cabeça fazendo um "tsc,tsc" com a boca.
-Corrigindo; aquele em que você me obrigou a dançar com Tom Lin. "Vamos Jenna, - tentei imitar ridiculamente a voz dele - é só uma dança não é, Tom?"
Isso o fez rir.
-Qual é; não foi tão ruim.
- O cara tinha tomado, literalmente, um banho de perfume e quando eu disse isso ele achou que era um elogio. Além disso ele ainda pisou no meu pé tanto que fiquei como dor aquela semana inteira. É, não foi tão ruim. - tentei fazer um cara brava pra Brad mostrando o quanto tinha me irritado, mas ele estava tão lindo com um sorriso torto que não consegui.
- Ok, talvez não tenha sido tão bem quanto me lembrava, - ele alternava o olhar entre meus olhos e meus dedos que arrumavam a gravata - mas depois eu salvei seus pobres pés pisoteados dançando com você pra que ele não pudesse repetir a dose, lembra?
Tinha sido a melhor noite da minha vida, como eu poderia não lembrar? Me lembrava com uma força incrível da sensação das minhas mãos ao redor de seu pescoço enquanto as dele estavam firmemente ao redor da minha cintura. Nós dançamos suavemente por um bom tempo no ritmo da música enquanto ele estava tão perto que eu podia sentir sua respiração contra meu rosto.
Não há nenhum modo de me fazer esquecer de algo como isso.
-É. - concordei olhando diretamente em seus olhos e só ai percebendo o quanto minha ajudinha na gravata tinha nos trazido um pra perto do outro - Eu lembro.
Nenhum de nós dois se afastou. Nenhum de nós dois disse nada. Tenho dúvidas se alguém respirou. A proximidade fazia coisas loucas com a minha pulsação e eu sabia que qualquer coisa que eu dissesse pareceria a coisa mais idiota do mundo. Pensei que o modo como eu o olhava o faria se afastar ou estabelecer limites, mas não. Ele também me olhava daquele jeito tão lindo.
Meus olhos encaminharam-se por vontade própria em direção aos seus lábios observando os traços perfeitos que perseguiam meus sonhos. Houve um momento de dúvida, mas eu logo me decidi.
Me aproximei lentamente feliz ao perceber que ele não se afastara. Minhas mãos que estavam em sua gravata deslizaram para seu peito e permaneceram ali, absorvendo suas formas perfeitas. Estudei seus olhos dos quais nunca consegui arrancar qualquer resposta e eu soube que se eu olhasse pra eles por mais um segundo o mundo inteiro pareceria insignificante pra mim...
Bom, só que ai alguém bateu na porta e nos susto nós nos afastamos em um pulo.
-Jenna? - reconheci a voz de Betina do outro lado da porta - Jenna, como ficou o vestido?
Eu mexia frenéticamente no cabelo sem coragem de encarar Brad de novo.
-Ficou muito bom Betina. - menti- Depois...Depois eu passo no seu quarto e te mostro.
- Tá, não esquece tá? - disse e logo eu pude ouvir seus passo se distanciando da porta.
Finalmente olhei pra Brad, mas ele não olhava pra mim.
-Eu tenho que ir.
- Tudo bem. - concordei rapidamente, mas logo em seguida me lembrei de algo - Hey, eu sei que você está ocupado como todo esse negócio de casamento, mas será que você não podia me levar a a cidade amanhã? Queria ver uma costureira pra fazer algo com esse vestido.
-Tudo bem. - disse e se encaminhou para a porta, mas quando tocou a maçaneta se virou pra mim; um pequeno sorriso em seu rosto - Ah, e Jenna - eu olhei pra ele - Mesmo que todas as garotas vistam o mesmo; nenhuma delas será como você.
Então ele saiu. Sempre me deixando com um sorriso bobo e sonhador no rosto.

~*~*~*~*~*~
...

Já disse que sempre fico esperando ansiosa a opinião de vocês, né? Então, bom, me façam saber tá. É muito importante pra mim :)


~> Beijusss a todos...;*

10 comentários:

  1. AAH MEEU!
    CONTINUA AGORA
    SÉRIO, NÃO PODE ME FAZER ESPERAR!

    ResponderExcluir
  2. oiii!! eu so amiga da maiara e sério tá perfeito demais!!!! continua, eu preciso saber o resto, tá simplesmente perfeito!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa que lindo *-* quero ler o resto for sure Daay *-*
    Selinho pra vc
    http://lovewkyouuan.blogspot.com/2010/12/selinho-livros.html

    ResponderExcluir
  4. Primeira vez no seu blog,porém não a ultima!Adorei completamente!Super fofo!Adoro!
    Se quiser dar uma passada meu blog(www.mylifevampira.blogspot.com).Adorei o seu!Até o estilo é super fofo!

    ResponderExcluir
  5. *_* preciso ler a parte 5 ;P
    Adorei x)

    ResponderExcluir
  6. Sua história está cada vez melhor e viciante, continua logo, tá muito boa mesmo!!!!
    Beijo, Daay!

    ResponderExcluir
  7. Minha perceira merece mais um selo!
    Vai lá busca Daay!
    beijoo

    ResponderExcluir
  8. Oi Maiara,

    Rsrs Tá, vou colocar a continuação logo logo.
    Me deixa muito feliz por gostar, viu?

    Oi, (anonima) bem vinda!o/

    Que bom que gostou!*-* Sério, me deixa super contente. Tá, pode deixar. Vou colocar, sim.

    Oi Jessica,

    Obrigada! Espero que goste da continuação. Ah, muuito obrigada pelo selo.^^

    Oi Vicky,

    Hey, bem vinda :D
    Obrigada mesmo, viu? Que bom que gostou. Ah tá, vou dar uma passadinha lá sim.
    Volte sempre. ;)

    Oi Jane,

    Eu sou muito má por gostar que vocês fiquem ansiosas? rsrs Sério me deixa muito feliz que goste, Jane. Obrigada o/

    Oi Bel,

    Ai, obrigada! Tá, assim que puder eu posto a próxima. Quero saber o que vão achar das outras partes.:)
    Ah, muuuito obrigada pelo selo! Vou lá buscar sim.;)

    ~> Beijusss...

    ResponderExcluir
  9. MEU DEUS! QUE CAPÍTULO!

    Meu coração quase saiu pela boca! Fiquei ansiosa pelo beijo e... nada! =/

    Mas como sou brasileira, não desisto. heuheuehu'

    Partindo para o quinto! ;D

    ResponderExcluir
  10. Oi Lilly,

    Confesso que esse é um dos meus favoritos *---* rs

    Mas, ai é que ta a mágica da coisa rs O Suspense O.o'

    *-*

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir

Adoro comentários, então dê sua opinião e eu respondo aqui mesmo,certo?
E ah, claro, deixe o link do seu blog que eu vou retribuir a visita com todo o carinho ♥